Projeto Arte e Cidadania no Quilombo

Tradição do Congado


A ADUBAR através da Lei Estadual de Incentivo a Cultura, foi contemplada, no ano de 2011, com o valorde nove mil reais para apoiar o Congado de Ubá. O projeto “Arte e Cidadania no Quilombo” teve porfinalidade a fabricação de tambores de folia, como uma forma de fomentar a produção cultural de duas entidades: o Congado de Ubá e a Comunidade Namastê (remanescente de quilombos).

A intenção foi de aproximar as entidades e abrir novas perspectivas para futuros projetos de aula de percussão e formação de grupos folclóricos.

O projeto serviu de incentivo para a recém-formada comunidade quilombola, promovendo assim a sua consolidação institucional e a afirmação da identidade cultural afro-brasileira de seus membros. Pode-se, com isso, criar uma nova tradição, um encontro anual que celebre a união de ambos os grupos em prol de uma causa, que é a manutenção da tradição do Congado.